Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Fadiga épica: entrando em dívida

Normalmente, um usuário de magia que deseja lançar ou manter um feitiço além de seus limites normais deve queimar pontos de vida para o poder fazê-lo. Isso pode não ser “cinematográfico” o suficiente, especialmente nas circunstâncias onde os personagens são obrigados a exceder seus limites novamente e novamente. Reservas de mana ajudam, mas mesmo elas têm suas limitações em batalhas titânicas de poder e magia. A  Fadiga épica – entrando em débito  – é uma regra opcional que permite um operador gastar PF agora, e pagar por isso mais tarde. Este conceito foi adaptado do artigo Chaos and Ritual de Elisabeth McCoy com Christopher R. Rice, no suplemento Pyramid Dungeon Collection . Fadiga épica: entrando em dívida. Entrando em débito de fadiga tem uma mecânica muito parecida com os testes de morte (Dano Geral, MB327). Primeiro, o mago queima todos seus pontos de fadiga. Então, em vez de gastar pontos de vida ou cair inconsciente, o mago deve fazer um teste de HT. Se falhar, perde 1PV e deve

Últimas postagens

DA SÉRIE ARTEFATOS MÁGICOS: TROVOADA, O PRESENTE DE DONAR.

Cenário GURPS Space FARSCAPE: Delvianos, os místicos seres evoluídos das plantas